Sobre chibi


A Chibi tem 22 anos e mora em Belo Horizonte. Ela cursa Ciência da Computação e é apaixonada por programação Web. EU AMO O JAPÃO e vou compartilhar com vocês muitas das minhas experiências lá no país, e os meus interesses. Sou cosplayer (um pouco enferrujada) e irei dar várias dicas a vocês. A série que estou assistindo no momento é 2 Broke Girls. E de vez em quando para descansar vejo Family Guy ou South Park :P. Meus livros estão todos em standby.

1viking_woman

Hoje em dia nós não conquistamos todos os nossos direitos e reconhecimento. Imagine na idade média, será que as mulheres vikings tinham algum? O que você sabe sobre as MULHERES daquela época? Na verdade elas não podiam ser consideradas vikings, esse era um termo referido aos homens, mas por trás de um grande homem…

Tá, mas antes de chegar nas mulheres… O que você sabe sobre os vikings? Seriam humanos que usavam chifres na cabeça e roubavam por todos lugares que passavam? Alguns até poderiam vir a fazer isso, mas não se resume a tal. Eram povos fantásticos que vieram de três países da Escandinávia: Dinamarca, Noruega e Suécia em embarcações conhecidas como dracar, e os métodos de produção destes são usados até a atualidade, com certas modernizações, obviamente .

Viking ship

O nome viking vem da língua Nórdica Antiga e significa algo semelhante a pirata de mercados. Temos relatos dele nos período de 700 a 1100. Eles não eram apenas piratas, eram bastante conhecidos pela sua grande capacidade negociação e de colonizar novos lugares. Mas para se fixar em algum lugar, alguém tem que tomar conta da terra, não? As mulheres eras responsáveis por cuidar da casa, cozinhar, costurar, estocar comida pro inverno frio, as ricas possuiam várias escravas para ajudá-las.

Ai Chibi, já chega escreveu demais…tem alguma coisa mais prática pra recomendar pra eu aprofundar de uma forma mais interativa?

Ok cara leitora, posso te indicar série Vikings que atingiu o raking 8.7 de 10.0 no IMDb , eu tenho umas 60 aulas em inglês do Professor Philip Daileader que se tornou pHD em Harvard que posso passar pra quem tiver interesse,  e mais um joguinho, qual será o seu nome viking: Freyja, Valkyrie? Qual será o seu nome viking? Vejamos aqui 

Sabe da onde veio todo meu interesse sobre os vikings? Acredite ou não do MMORPG  Ragnarök Online, e também do anime produzido em 2005, que tem tudo tão baseado na mitologia nórdica! Aos que querem aprender mais, me acompanhem na leitura.

Ro

Respondendo a primeira pergunta feita no post, as mulheres vikings não-escravas possuíam mais direitos que qualquer outra na época em toda a  Europa. Tudo o que ela trazia quando casada, era de sua posse,  ela possuía o direito de pedir o divórcio, e eram tão honradas, que carregavam em sua cintura as chaves das propriedades como forma de mostrar sua autoridade e responsabilidade. Se elas estivesse grávidas não poderiam ser executadas, nem mesmo torturadas . Elas poderiam se tornar rainhas, geralmente trabalhavam em monastérios, e existiam algumas que poderiam até ensinar homens a realizar trabalhos manuais!

Essa parte do divórcio, eu acho fantástica: elas podiam sim pedir o término do casamento caso fossem desrespeitadas, para isso deveriam chamar algumas testemunhas e declarar que estava divorciada em frente a porta do quarto do casal. Os bebês ficariam automaticamente com a mãe, e quem ficaria com os mais velhos viria a ser definido pelo casal, dependendo do tamanho de sua riqueza.

Mas nem tudo são flores, elas não poderiam assinar contratos, nem pedir dinheiro emprestado em seu nome,não poderiam fazer parte do clero secular, da política e nem poderiam servir como testemunhas.

Elas possuíam um papel muito importante na sociedade. O melhor presente que um pai poderia dar para alguém seria sua filha, as mulheres mais velhas eram altamente respeitadas e honradas pela sua capacidade de cuidar de crianças e costura.

Algumas mulheres de grandes posses e importantes na época:

Eleanor of Aquaitane

Eleanor de Aquitaine foi uma das mulheres mais ricas e influentes da Idade Média.  Participou da Segunda Cruzada, por que seu marido Luis VII era muito ciumento para deixar que ela ficasse cuidando da casa longe de sua presença.

Hildegarde Bingen

Rompeu a barreira de preconceitos da época chamou a atenção de todos pelas visões que ela tinha, foi mística, teóloga, pregadora, poetisa, compositora e teve grande influência para a  questão política.